Arquiteturas temporárias: 13 espaços públicos que ativam a cidade

por María Francisca González

Traduzido por Romullo Baratto

 

De modo geral, os esforços na indústria da construção se voltam a projetos de espaços permanentes e duráveis. No entanto, em algumas ocasiões, a criação de espaços temporários pode ser de grande ajuda não apenas ao oferece uma opção de infraestrutura rápida em casos emergenciais, mas também ao ativar espaços residuais ou abandonados de nossas cidades. Para exemplificar o potencial dessas intervenções, apresentamos 13 espaços públicos temporários bem sucedidos.

 

Pigalle Duperré / Ill-Studio

© Sebastien Michelini

Next Gen Park / KOGAA Studio

© BoysPlayNice

Your Reflection / Guillermo Hevia García + Nicolás Urzúa Soler

© Nico Saieh

Ambient 30 60 / UMWELT

© Cristobal Palma / Estudio Palma

Red Planet / 100architects

© Amey Kandalgaonkar

Labyrinth of Boolean Voids / Gijs Van Vaerenbergh

© Filip Dujardin

The Oasis / OBBA

© Kyung Roh

Salvage Swings City of Dreams Pavilion / Somewhere Studio

© James Leng

Pavilhão Flutuante / Shen Ting Tseng architects

© Shawn Liu

Loud Shadows / Plastique Fantastique

© Marco Canevacci

Cortinas Luminosas / Studio Toggle

© Gijo Paul George

The City Delta / GOA

© Tianzhou Yang

Green Cloud / ZHUBO-AAO

© John Siu

 

Disponível em: www.archdaily.com.br/br/922610. Acesso em: 05/09/2019.

Share your thoughts