Reuso: Estudio Atemporal converte uma antiga fábrica em um espaço de coworking

Os arquitetos mexicanos do Estudio Atemporal têm emparelhado colunas de concreto e paredes de blocos de concreto com paredes de vidro e metal preto ao transformar uma antiga fábrica industrial na Cidade do México em um espaço de coworking.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

O prédio de 722 metros quadrados abrange um bloco inteiro no bairro Anáhuac.

Ele combina um bloco de dois andares com um telhado de dente de serra e um volume de três andares com um telhado plano, ao qual o estúdio local Atemporal usava para dividir o interior em dois tipos de espaço de trabalho.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

No interior do edifício de coworking, chamado Guateque, a estrutura existente é deixada exposta e complementada com mobiliário feito sob medida, incluindo mesas de madeira e tapetes brilhantes, e muita vegetação.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

“Esses poucos elementos fazem com que a estrutura de construção original assumisse um papel de liderança: colunas de concreto visíveis e paredes de blocos de concreto expostas contrastam com o mobiliário personalizado em cada espaço”, afirmou o estúdio.

“Os materiais e as cores tornam-se o coração do espaço”.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

O volume mais baixo funciona como um espaço aberto estilo workshop com luz natural abundante através de janelas altas do clerestório.

As colunas de concreto e as vigas inclinadas da estrutura existente formam um esqueleto em torno de diferentes áreas do espaço.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

Um mezanino é inserido no ponto mais alto para criar uma área mais isolada para leitura.

As mesas alinhadas embaixo oferecem um espaço de trabalho mais íntimo.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

As mesas de pingue-pongue com chapas de madeira amarela brilhantes no lugar das redes ocupam a área aberta principal para que os funcionários joguem.

Escritórios de ambos os lados são separados por paredes altas de vidro, com caixilhos de alumínio preto inseridos no telhado dentado.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

O segundo volume – o bloco de três andares – é acessado por uma escada de madeira que leva a uma cozinha comum e sala de jantar.

Espaços de trabalho são colocados no primeiro andar, onde portas de vidro articuladas se abrem para um pátio todo em deck no canto leste.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

O espaço exterior é fornecido com bancos e mesas de madeira e coberto por uma pérgola com plantas em crescimento.

O espaço da administração é colocado no nível superior, com acesso limitado para manter a privacidade.


Escritórios Guateque por Estudio Atemporal

Espaços de coworking estão surgindo em todo o mundo, oferecendo maior flexibilidade tanto para trabalhadores quanto para empresas. No início deste ano, a empresa Second Home abriu um espaço de trabalho com a planta toda projetada pela SelgasCano em parte do mercado de alimentos mais antigo de Lisboa e um ambiente de escritório comum em Barcelona foi criado especificamente para atender às necessidades dos designers e arquitetos.

Edifícios recentemente renovados na Cidade do México incluem uma casa transformada em local de uso misto e uma loja de automóveis transformada em um centro de varejo com uma fachada padronizada.

Disponível em: www.dezeen.com/2017/07/11/guateque-old-factory-mexico-city-converted-into-co-working-offices-estudio-atemporal/. Acesso em: 24/10/2017.

 

Share your thoughts