Woods Bagot repensa o ensino superior para a Universidade de Melbourne

Por Lindsey Leardi

Em parceria com a Lendlease e a Universidade de Melboure, Woods Bagot projetou uma reflexão arquitetônica da própria universidade. Chamada de Carlton Connect Initiative, este masterplan será um recinto de uso misto onde não apenas estudantes universitários e funcionários, mas também profissionais de negócios internacionais, pesquisadores e start-ups poderão participar da troca de ideias. A fim de atrair os melhores e mais brilhantes para a universidade, a Woods Bagot está buscando o mais alto padrão de design sustentável de ponta.

Adjacente ao principal campus de Parkville da Universidade, cinco novos prédios cercam um pátio comum, ou “oculus”. O projeto é moldado pelo comportamento humano, assim, além de abrigar mais de 500 estudantes, os prédios abrigam lojas, locais de hospitalidade, creches centro, e até mesmo uma galeria de ciência. Um “Laboratório Fab” e “Superfloor” agem como habitats de colaboração – onde o processamento do pensamento humano pode começar a se manifestar em avanços da vida real.

“A inovação vem das pessoas, da maneira como elas interagem, da maneira como elas colaboram em um propósito comum. Portanto, é essencial que cada parte desse esquema viva e respire o design centrado no ser humano”, disse Hazel Porter. 

  • Arquitetos: Woods Bagot
  • Localização: Grattan St, Carlton VIC 3053, Austrália 
  • Líder de Design de Projeto: Hazel Porter 
  • Equipe de Design: Hazel Porter, Sarah Ball, Alastair Flynn, Harry Charalambro, Wes Baigent, Ali Tehami, Femi Akande, Nirvan Basnet , Kris Patras, Susana Xu, Pete McKew, Derek Huynh, Roberto Spadaccino, Mluk Nehme, Pedro Miglis, Sidari Sara, Kevin Mitchem, Robert Rosamilia, Lara Viguet, Sophie Blain.
  • Área: 74000,0 m2 
  • Ano do Projeto: 2020

Notícias via: Woods Bagot.

Disponível em: www.archdaily.com/892364. Acesso em: 20/12/2018.

Share your thoughts