Edifício residencial One Thousand Museum / Zaha Hadid Architects

Curadoria de Paula Pintos

 

© Hufton+Crow

Descrição enviada pela equipe de projeto. O One Thousand Museum é um edifício residencial de sessenta e dois pavimentos situado em frente ao Museum Park, reinaugurado em 2013 na cidade de Miami. Com vista para a Baía de Biscayne, o Museum Park é um local muito popular entre os moradores de Miami, e pode ser considerado um dos principais espaços públicos do centro da cidade, incluindo dois novos museus: o Museu de Arte e o Museu de Ciências.

© Hufton+Crow

O projeto do arranha-céu segue a mesma linha de pesquisa desenvolvida a anos pelos arquitetos do escritório de Zaha Hadid e Patrik Schumacher. Sua estrutura define uma expressão arquitetônica fluida e consistente.

© Hufton+Crow

O exoesqueleto de concreto do One Thousand Museum é uma estrutura perimetral em forma de rede, ou linhas fluidas que parecem escorrer pela fachada do edifício dando suporte às lajes que acolhem os espaços interiores do edifício.

© Hufton+Crow

Observando estas linhas estruturais na fachada, as colunas parecem se dividir no meio do corpo da torre, espalhando-se a medida que o edifício vai ganhando altura até culminar nas esquinas superiores, criando uma estrutura altamente resistente concebida para proteger o edifício dos fortes ventos de Miami; as amarrações curvas das esquinas servem como elementos de travamento, fazendo com que o edifício possa resistir as condições mais hostis como tempestades e até furacões.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

“O projeto expressa toda a fluidez estrutural e arquitetônica características das obras de Zaha Hadid,” explica Chris Lepine, diretor de projeto do ZHA. “A estrutura varia ao longo da seção do edifício, passando de menores à maiores espessuras de acordo com a demanda das cargas de vento, criando um diálogo franco entre a arquitetura e a engenharia do edifício.”

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

O One Thousand Museum foi desenvolvido utilizando fôrmas de concreto reforçadas com fibra de vidro, as quais permanecem acopladas à estrutura por toda a vida útil do edifício. Esse sistema de fôrmas permanentes se transforma no próprio acabamento, minimizando também os custos de manutenção da estrutura como um todo. Por trás deste esqueleto de concreto, ergue-se uma fachada multi-facetada de vidro, a qual contrasta fortemente com a solidez da estrutura de concreto.

© Hufton+Crow

Com este sistema de estrutura perimetral, as placas de piso praticamente dispensam a utilização de pilares secundários; a curvatura da estrutura acaba por criar pavimentos sempre diferentes em área, fortalecendo a sensação de exclusividade do edifício. Nos andares inferiores, as varandas ocupam os balanços da estrutura nas esquinas do edifício, enquanto nos pavimentos superiores, os terraços encontram-se incorporados atrás da estrutura.

© Hufton+Crow

Nos últimos pavimentos e na cobertura da torre, o One Thousand Museum conta com um centro aquático, um lounge e um espaço para eventos. Acima do hall de acesso e do edifício de estacionamentos encontam-se jardins, terraços e piscinas para que os moradores possam usufruir das melhores vistas para a baía de Biscayne.

© Hufton+Crow

 

ArquitetosZaha Hadid Architects
Área: 84.637,18 m2
Local: Miami, Estados Unidos
Ano: 2020
Fotograrfias: Hufton+Crow

 
 

Disponível em: www.archdaily.com.br/br/934604. Acesso em: 10/03/2020.

 

Share your thoughts