Edifício Misto “Sluishuis” | BIG e Barcode Architects

 

 

BjarkeIngelsGroup e BarcodeArchitects revelaram o seu design vencedor da competição para uma torre de Amsterdã, que irá abaixar o terraço para tocar a superfície do lago IJ.

O edifício misto de 46 mil metros quadrados chamado Sluishuisfoi projetado como uma porta de entrada para o IJburg de Amsterdã, um bairro situado em ilhas artificiais que flutuam no IJ.

Criada pela empresa BIG de BjarkeIngel, baseada em Copenhague, e o estúdio de Rotterdam, BarcodeArchitects, o empreendimento possui dois cantos chanfrados que se estendem até o píer ou água para abrir um pátio no centro.

Esses elementos inclinados – não diferentes daqueles encontrados na 8 House de BIG em Copenhague e VIA 57 West “courtcraper” em Nova York – destinam-se a permitir que os moradores escalem o telhado e desfrutem as vistas sobre a cidade.

O bloco conterá 380 residências de energia-zero, bem como 4.000 metros quadrados de espaço comercial, 240 vagas de estacionamento subterrâneo e espaço para até 30 casas flutuantes para amarrar.

“Nosso “Sluishuis” (LockHouse) é concebido como uma cidade quarteirão no centro de Amsterdã flutuando no Lago IJ, completo com todos os aspectos da vida na cidade. Para a cidade, o prédio do pátio se ajoelha para convidar os visitantes a subir seu telhado e apreciar a visão panorâmica dos novosbairros no IJ “, disse BjarkeIngels.

“Em direção à água, o edifício sobe em direção ao rio, abrindo um gigantesco portão para que os navios entrem e atraquem no porto/pátio. Um prédio dentro do porto, com um porto dentro do prédio”.

“Tendo passado meus anos de formação como arquiteto na Holanda no final do século 20, eu sinto como se fosse um regresso ao lar para agora contribui para a arquitetura da cidade que amei e admirei por tanto tempo”, acrescentou.

Um dos cortes diagonais enquadra a vista do Lago IJ e traz a luz do dia para os apartamentos com vista para o pátio. O outro chanfro é formado por jardins em terraços destinados como um elemento de transição dos arredores de menor escala do edifício.

As varandas de vidro da frente se projetam das unidades alternadas para continuar a formação escalonada de ambas fachadas externas e internas do prédio.

Um passeio cercará a base do projeto, vinculando-o com uma escola de vela, jardins flutuantes e colônias de casas flutuantes.

Também haverá acesso público ao telhado através de seus terraços em cascata e uma pequena plataforma com vista para ver o lago no último piso.

“O ambiente urbano mundialmente famoso de Amsterdã foi criado pela fusão de água e cidade”, disse o parceiro da BIG, Andreas Klok Pedersen. “O novo “Sluishuis” nasceu do mesmo DNA, unindo água e o perímetro do prédio e ampliando as possibilidades de formas de vida urbana ao redor do IJ”.

“Nós tentamos projetar um edifício com uma perspectiva surpreendentemente em mudança e um caráter contemporâneo único, que reflete a identidade dos futuros moradores e de todos os usuários da Sluishuis”, acrescentou DirkPeters, parceiro de BarcodeArchitects.

Disponível em:www.dezeen.com/2016/11/30/big-bjarke-ingels-group-barcode-architects-terraced-block-sluishuis-ijburg-amsterdam/?li_source=LI&li_medium=rhs_block_2.Acesso em: 10/08/2017.

Local: Amsterdam, Holanda.

Share your thoughts