Como escolher bancadas de cozinhas: vantagens, desvantagem e inspirações

por Audrey Migliani

 

Um dos ambientes mais práticos e funcionais de qualquer projeto residencial é a cozinha. A bancada, por sua vez, abriga os principais equipamentos desse espaço. Logo, é fundamental que seja feita com o material mais resistente e higiênico. Além destes requisitos é importante atentar à estética e ao custo benefício. Outro ponto importante é adequá-las à dinâmica da família.

 

© Sandra Pereznieto. Albino Ortega House / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura

Reunimos no artigo a seguir algumas opções com as vantagens e desvantagens de cada um dos materiais mais utilizados atualmente.

 

Granito

É uma pedra natural, com cores e padrões únicos. Altamente resistente ao calor. É, ainda, a opção mais utilizada em bancadas de cozinhas e banheiros.

 

© Christopher Frederick-Jones. Residencia B&B / Hogg&Lamb

Vantagens
Longa durabilidade. Fácil limpeza e manutenção. Excelente relação custo x benefício. Resistência a impactos.

Desvantagem
Nem sempre é resistente a produtos ou alimentos ácidos.

 

© Fernando Gomulya. Flick House / Delution

 

Mármore

Talvez essa seja a opção mais sofisticada por sua aparência imponente e elegante. É uma pedra natural de formação calcária. Portanto, cada veio de sua composição é único.

 

© Robert Watson Photography. Curvy Eco Home / Craig Race Architecture

 

Vantagens
Alto valor estético e resistência ao calor. É um material homogêneo e de fácil limpeza.

Desvantagens
Alto custo. Por ser muito poroso, deve receber selagem com resina anti manchas e anti bacteriana. Baixa resistência a impactos.

 

© Scott Frances. Shore House / LSS

 

Pedras Artificiais

São normalmente fabricadas a partir de minerais naturais triturados, como o quartzo ou o mármore misturados com uma resina específica. Para assegurar sua qualidade é preciso trabalhar com empresas sérias.

 

© Jack Jérôme. Casa Rivard / L’Abri

 

Vantagens
Por ser industrializado, é um material padronizado e de aparência homogênea. Não é poroso, não mancha e possui fácil manutenção e limpeza. Possui uma infinita gama de cores e acabamentos disponíveis.

Desvantagens
Alto custo quando comparado às opções mais convencionais. Não possui boa resistência ao calor. Baixa resistência a abrasão.

 

© Mike Baker. The Courtyard House / Auhaus Architecture

 

© Alain Brugier. Dijon Kitchen / Diego Revollo Arquitetura

 

Porcelanato

Bancadas de porcelanato são uma tendência que veio para ficar. São conhecidas por serem bastante resistentes. Entre suas principais vantagens estão sua durabilidade e impermeabilidade.

 

Triple Barn House / Mork-Ulnes Architects. Image © Bruce Damonte

 

É, sem dúvida, um dos materiais que oferece mais opções de acabamento, já que é feita a partir do mesmo revestimento que especifica-se para pisos e paredes, com infinitas opções disponíveis no mercado, possibilitando projetos com combinações únicas. Inclusive, é a única opção que pode remeter a outros materiais como mármore, madeira ou concreto, por exemplo. Pode-se optar por esculpir (ou moldar) a cuba utilizando o mesmo material.

 

Via Dornbracht. Kitchen Fittings – Elio

 

Vantagens
Além de diversas opções de acabamento, absorve pouca água e possui alta resistência à abrasão física ou química. É fácil de limpar.

Desvantagens
É necessário contratar uma empresa especializada porque para assegurar a resistência ao impacto, é necessário executá-la com uma estrutura reforçada.

 

Aço Inox

Uma das opções que asseguram maior assepsia por ser impermeável. Excelente resistência ao calor e bactérias, é a favorita das cozinhas industriais. Seria muito mais comum nas cozinhas residenciais se não tivesse um alto custo de produção.

 

© Francis Pelletier . La Luge / YH2 Architecture

 

Vantagens
Super higiênico, prático e durável.

Desvantagens
É um material que risca com bastante facilidade, além do já mencionado alto custo.

 

© Michael Evans. Evans House / A4ESTUDIO

 

© Bill Timmerman. Blackbird House / Will Bruder Architects

 

Concreto

Assim como a madeira, o concreto é bastante coerente tanto para acabamento de cozinhas rústicas quanto daquelas com traços mais contemporâneos. É um material muito resistente e econômico. Há técnicas que permitem colorir o material possibilitando mais variedades de acabamento.

 

© Christian Maldonado. FVB House / Claudia Haguiara Arquitetura

 

Vantagens
É versátil para a decoração e muito econômico por ser produzida utilizando apenas cimento, areia e água.

Desvantagens
É necessária aplicação de produto específico para evitar infiltração. É muito poroso, e pouco resistente às manchas. Não é higiênico, sendo recomendada a utilização de tábuas de pedra ou vidro para manuseio de alimentos.

 

Ricardo Oliveira Alves Architectural Photography – fotografia de arquitetura
House in Quinta da Marinha | Arq Tailors

 

Madeira

Um dos materiais mais versáteis por compor bem desde ambientes mais rústicos até contemporâneos. Traz aconchego e são bastante práticas na hora de instalar. As madeiras mais utilizadas são o carvalho, nogueira e a faia.

 

© Florian Holzherr. The Black House / Buero Wagner

 

Vantagem
Praticidade na instalação.

Desvantagens
Baixa resistência a calor e a impacto de objetos pontiagudos. Necessidade de alta manutenção pelo alto contato com a água.

 

© Bram Tack. HOUSE SJ / STAARC ingenieurs en architecten

 

© Akihide Mishima. Kitchens that Double As Dining Rooms: Architectural Design Inspiration

 

Vidro

Quando fabricadas em vidro temperado são bastante seguras. Podem receber tratamento com soluções anti-manchas e também antibacterianas.

Pode ser executada em vidro transparente, translúcido, texturizado ou colorido.

 

© Kenta Hasegawa. Garage Hall House / Tsukagoshi Miyashita Sekkei + Keitarchi

 

Vantagens
Resistência a manchas. Facilidade na limpeza e manutenção. Combinam com praticamente todos os acabamentos.

Desvantagem
Alto custo de fabricação e instalação.

 

© The Raws. Genius Loci House / Gabriela Carrillo Valdez + tescala

 

Pedra Sabão

Trata-se de uma pedra natural, também chamada de esteatita, comumente utilizada em clínicas e laboratórios por ser muito resistente a produtos ácidos.

 

© Praveen Mohandas. Maison Kochi / Meister Varma Architects

 

Vantagem
Uma das opções mais duráveis.

Desvantagens
Suporta calor com menos resistência que outras pedras naturais, como o granito, por exemplo. Requer manutenção constante com lubrificação e polimento.

 

© Michael Lassman. ImageLiving Screen House / CplusC Architectural Workshop

 

© Grant Sparkes-Carroll. Clerestory House / Pearson Architecture

 

Referências

Bancada de cozinha: 65 inspirações para sua casa‘. https://casaeconstrucao.org/projetos/bancada-de-cozinha. Acesso 15 julho 2019.
https://projetos.habitissimo.com.br/projeto/10-tipos-de-bancadas-que-definirao-a-personalidade-de-sua-cozinha. Acesso 15 julho 2019.
https://www.homify.com.br/livros_de_ideias/4087883/8-revestimentos-de-bancadas-de-cozinha-vantagens-e-desvantagens-de-cada-tipo. Acesso 15 julho 2019.

 

Disponível em: www.archdaily.com.br/br/921161. Acesso em: 26/11/2019.

 

Share your thoughts